terça-feira, 16 de Junho de 2009

Fases do Contrato de Compra e venda ( Época e local de pagamento)

Após a liquidação, é necessário estabelecer a época e local de pagamento.
Se o local de pagamento não for convencionado, este devera efectuar-se no domicilio do vendedor.

Quanto ao local de pagamento existem, pois três hipóteses:
  1. No domicilio do comprador;
  2. No domicilio do vendedor;
  3. Num terceiro local, na maioria das vezes uma instituição bancaria.

Quanto a época de pagamento, consideram-se as seguintes:

Pagamento antecipado - Pagamento efectuado antes da entrega da mercadoria. Este tipo de pagamento verifica-se quando a mercadoria apresenta características defendias pelo cliente, pelo que é necessário encomendar.

Pagamento a contado ou imediato - O pagamento processa-se no acto de entrega das mercadorias.

Pagamento a pronto - O pagamento é efectuado ate 8 dias após a entrega dos bens.

Pagamento a dinheiro - O pagamento é efectuado entre 8 e 30 dias após a entrega dos produtos.

Pagamento a prazo - O pagamento é efectuado num período superior a 30 dias, período esse que é acordado entre o vendedor e o comprador.

Pagamento a prestações - O vendedor concede prazos diferidos ao comprador. O pagamento é processado em parcelas ou fracções nos prazos estipulados.

Pagamento a termo - O comprador e o vendedor obrigam-se a pagar e a entregar a mercadoria, respectivamente, depois de decorrido um certo prazo da realização do contrato. É um pagamento típico das actividades da Bolsa.

Pagamento contra documentos - O comprador efectua o pagamento da mercadoria por troca de certos documentos entregues pelo vendedor. É um pagamento muito utilizado no comercio internacional.

Fases do Contrato de Compra e venda (Liquidação)

  • Descontos comerciais - descontos relacionados directamente com o produto e não com a forma de pagamento.

Bom peso - Quantidades de mercadoria fornecida pelo vendedor, sem valor, para compensar perdas normais.

Bónus - Abatimento especial, que compensa falta de qualidade das mercadorias fornecidas, atraso na entrega ou ainda como prémio ao cliente que ultrapasse um certo limite de compras.

Rappel - Desconto especial concedido sobre a totalidade das compras efectuadas quando ultrapassam um determinado montante.

Desconto de revenda - Desconto especial concedido aos revendedores para conseguirem margens de lucro mais elevadas.

Os descontos serão efectuados após a aplicação da margem comercial, que se traduz numa percentagem que vai incidir obre o preço de aquisição dos produtos.

Fases do Contrato de Compra e venda (Liquidação)

Ainda no que diz respeito à quantidade de moeda, muitas vezes são concedidos ou obtidos alguns beneficicios que se traduzem em descontos (redução de preços). Esta pratica tem por objectivo:
  • Aumentar o volume de vendas através da captação de novos clientes;
  • Compensar os seus maiores e melhores clientes.

As reduções de preços denominam-se descontos e estes são classificados em descontas financeiros descontos comercias.

  • Descontos financeiros - directamente ligados ao prazo de pagamento

Descontos de pronto pagamento(p.p) - Quando o comprador efectua o pagamento no acto de entrega das mercadorias ou no prazo máximo de oito dias.

Desconto de antecipação de pagamento(a.p) - Concedido ao cliente, sempre que este efectua o pagamento antes do prazo acordado com o vendedor.

Fases do Contrato de Compra e venda (Liquidação)

À quantidade de moeda, a fixação do preço far-se-á tendo em consideração os seguintes aspectos;

Preços acordados - O preço resulta da negociação entre o vendedor e o comprador.

Preços fixos - O preço é determinado pelo vendedor, sem admitir qualquer possibilidade de redução.

Preços tabelados -
O preço é fixado em tabelas, oficialmente aprovadas e que não permitem ao comerciante qualquer alteração, sob risco de ficar sujeito a graves penalidades. É corrente nos produtos de primeira necessidade.

Preços correntes -
O preço é fixado pelo vendedor, conforme as condições de mercado, passiveis de redução.

Preços de concurso publico - As entidades que pretendem comprar ou vender anunciam, por escrito, o que pretendem, indicando as condições da sua realização. Os interessados fornecem, por escrito, os preços. O concorrente que oferecer o mais baixo preço e melhor qualidade será preferido.Este tipo de preços é utilizado nas grandes aquisições do Estado ou de grandes empresas.

Preços de leilão ou hasta publica –
A fixação do preço corresponde ao maior preço oferecido pelos interessados na aquisição. É fixado um preço base de licitação, a partir do qual se fazem sucessivas ofertas.

Preços de lota –
O preço de lota é idêntico aos preços de leilão. Aqui, o vendedor anuncia, em voz alta, que vende um certo produto a um dado preço e, caso não surjam interessados, ele próprio vai baixando sucessivamente esse preço, ate que alguém declare que aceita comprar mercadoria a esse valor: é o valor mais alto da escala dos preços propostos pelo vendedor que encontra quem esta disposto a paga-lo. É utilizado, geralmente, na venda de peixe por grosso.

Preços de bolsa de cotação –
O preço depende das condições de mercado ou das operações que foram realizadas na Bolsa para produtos de determinada natureza, tais como: acções, obrigações e outros títulos, mercadorias, entre outros.
Estas transacções são efectuadas por intermédio de corretores, que se encarregam de comprar e vender títulos por conta de terceiros.

Fases do Contrato de Compra e venda (Liquidação)

Na fase liquidação, o vendedor procede ao calculo a pagar pela mercadoria, de modo a informar o comprador.
A fixação do preço representa um dado importante para a conclusão de qualquer negocio, nomeadamente de uma compra e venda. Por norma, o preço é fixado de comum acordo entre o vendedor e o comprador, embora isso nem sempre se verifique.
Na fixação dos preços deve fazer-se a identificação da moeda e a quantidade de moeda.

Preço
  • Identificação da moeda( espécie de moeda)
  • Quantificação de moeda

No que respeita à moeda a utilizar, são de referir as seguintes modalidades, consoante se trate de comercio interno ou externo:

-No comercio interno, a escolha recai sobre a moeda do pais de origem dos contraentes.

- No comercio externo/internacional, a escolha esta condicionada pelas seguintes situações:

  • Moeda de um dos países participantes na compra e venda, escolhendo-se, em geral, a mais estável;
  • Moeda de um terceiro pais, sendo escolhida uma que goze de estabilidade de cotação;
  • Moeda comum, que é utilizada entre os Estados aderentes, como é o caso do Euro na união monetária europeia.

3 - Local

No que diz respeito ao local de entrega, são utilizadas as modalidades que a seguir se apresentam consoante se considere o comercio a retalho ou o comercio por grosso.

No comercio a retalho consideram-se os seguintes locais:

Domicilio do vendedor - O comprador é responsável a partir do momento da compra, pois a entrega faz-se no local da venda da mercadoria.

Domicilio do comprador - O vendedor é o responsável a partir do momento da compra das mercadoria, pois efectuara a entrega na loja do comprador.

No comercio por grosso, os locais de entrega são os seguintes:

Armazém do Vendedor - o comprador é o responsável pelo transporte e despesas a ele inerentes.

Armazém do comprador - Toadas as despesas de frete e seguro são de responsabilidade do vendedor.

2- Entrega

Quanto a data de entrega , consideram-se as seguintes modalidades:

Entrega imediata - Caso o comprador receba a mercadoria no momento da sua encomenda.

Entrega a pronto - O comprador recebe a mercadoria nos 15 dias seguintes à sua encomenda.

Entrega a prazo - A mercadoria é a entrega dentro de um prazo estipulado no contrato, sempre superior a 15 dias.